As cookies ajudam-nos a prestar os nossos serviços. Ao utilizar este site concorda com a utilização de cookies. Não armazenamos quaisquer dados pessoais. Saiba mais.

Sociedade

A Atlas Copco tem um impacto positivo no desenvolvimento económico e social dos países onde opera.

Direitos humanos

Responsabilidade Corporativa da Atlas Copco - Mapa dos direitos humanos sociais
O Código de Conduta Empresarial defende e respeita todos os direitos humanos internacionalmente reconhecidos, incluindo a liberdade de associativismo e o direito a negociação colectiva, uma tolerância zero quanto a trabalho infantil ou forçado e um ambiente de trabalho seguro e saudável. A Atlas Copco reforçou a sua abordagem aos direitos humanos adoptando os Princípios Orientadores das Nações Unidas em matéria de Empresas e Direitos Humanos

Estratégia de direitos humanos da Atlas Copco

A Atlas Copco detém operações de vendas e assistência em países com um elevado risco de violação dos direitos humanos, bem como operações de produção em mercados complexos. Para assegurar que a Atlas Copco mantém o seu compromisso para com os Princípios Orientadores das Nações Unidas, as empresas do Grupo localizadas nesses países de risco são incentivadas a avaliar processos e relações e a minimizar tais riscos, com a ajuda de um conjunto de documentos orientadores da Atlas Copco.

Na Atlas Copco, em países onde a violação dos direitos humanos seja considerada de risco médio ou alto, serão tomadas as diligências devidas relativamente aos direitos humanos actuais e que possam surgir no futuro. Para ser uma pessoa colectiva responsável onde opera, a Atlas Copco auxilia os seus parceiros comerciais e clientes a desenvolverem-se em conformidade com estes valores.

Envolvimento na comunidade e beneficência

Responsabilidade Corporativa Social da Atlas Copco- Água para todos
A Atlas Copco esforça-se por ser uma pessoa colectiva de bem e fiável e empenha-se activamente nas sociedades onde opera. Desenvolve iniciativas na comunidade a médio e longo prazo, como apoios prestados a escolas ou universidades para aumentar os índices de escolaridades e proporcionar às crianças uma infância segura, além de ajudar no combate às doenças.

Além de prestar apoio a projectos de desenvolvimento e caridade na comunidade local, o Grupo incentiva as empresas a prestarem apoio a curto prazo na ocorrência de desastres naturais ou humanitários, frequentemente na forma de fundos financeiros ou produtos, como por exemplo compressores. As iniciativas lideradas por funcionários são incentivadas e apoiadas por um princípio de "correspondência" financeira, em que as empresas do Grupo igualam os donativos financeiros do funcionário com fundos da empresa. No entanto, a organização gerida por funcionários Água para Todos corresponde à principal iniciativa deste tipo de envolvimento. Graças ao projecto Água para Todos*, mais de um milhão de pessoas passaram a obter acesso a água potável.