As cookies ajudam-nos a prestar os nossos serviços. Ao utilizar este site concorda com a utilização de cookies. Não armazenamos quaisquer dados pessoais. Saiba mais.

ComunicaçãoSocial / Notícias sobre produtos e serviços / A Atlas Copco é a primeira a oferecer compressores com ‘consumo de energia zero’ certificado - a gama ‘Carbon Zero’

A Atlas Copco é a primeira a oferecer compressores com ‘consumo de energia zero’ certificado - a gama ‘Carbon Zero’

2009-06-30

Antuérpia, Bélgica, 30 de Junho de 2009: A divisão Oil-free Air da Atlas Copco anunciou que os compressores de ar isentos de óleo arrefecidos a água com sistema de recuperação de energia integrado da série ZR da empresa são os primeiros do mundo a serem certificados pela TÜV para ‘consumo de energia zero’ com condições de concepção específicas. Foi comprovado que 100% da potência eléctrica de entrada pode ser recuperada sob a forma de água quente. Com os compressores ‘Carbon Zero’, as indústrias que utilizam uma grande quantidade de água quente e vapor, tais como as indústrias de produtos alimentares e bebidas, produtos lácteos, pasta de papel e papel, produtos farmacêuticos, químicos e petroquímicos, centrais eléctricas, salas limpas e têxteis, podem baixar drasticamente as suas facturas da electricidade.

ZR425 right.jpg
As poupanças de energia em sistemas de ar comprimido são muito importantes, dado que o consumo de energia representa geralmente mais de 80% do custo do ciclo de vida de um compressor. Enquanto que os sistemas de ar comprimido representam, em média, cerca de 10% do consumo de electricidade industrial, o consumo pode chegar aos 40% da factura de electricidade de uma fábrica. Por este motivo, a Atlas Copco tem vindo a desenvolver ao longo dos anos inovações no que toca a soluções de ar comprimido eficientes ao nível do consumo energético. A nova certificação é outro marco na história da Atlas Copco no que se refere a inovação.

Estamos muito satisfeitos por proporcionar aos nossos clientes uma solução de ar comprimido que pode recuperar 100% da energia de entrada,” afirma Stephan Kuhn, presidente da área de negócios Técnica de Compressores da Atlas Copco. “Actualmente, os nossos clientes enfrentam metas rigorosas para reduzir as emissões de dióxido de carbono. Com o compressor Carbon Zero, os clientes podem obter ar comprimido praticamente a custo zero, o que tem um impacto significativo na preservação do ambiente e também nos seus lucros.”

A organização independente Technische Überwachungs-Verein (Associação de Supervisão Técnica da Alemanha ou “TÜV”) supervisionou, no início deste ano, os testes de tipo realizados aos compressores de parafuso isentos de óleo com refrigeração a água da série ZR 55-750 da Atlas Copco, equipados com sistemas de recuperação de energia integrados. Os testes envolveram a medição em tempo real da potência eléctrica de entrada utilizada e a potência de saída sob a forma de água quente. As duas medições foram comparadas. Ficou comprovado que às condições de design específicas de 40°C e 70% de humidade relativa, pode-se recuperar 100% da energia eléctrica utilizada.

Enquanto o compressor Carbon Zero comprime o ar, toda a potência eléctrica de entrada é convertida em calor. Este calor é produzido por diferentes componentes do compressor. O desafio consiste em captar o calor de todos os componentes que constituem os elementos de compressão, o refrigerador a óleo, o refrigerador intermédio e o pós-refrigerador. O sistema de recuperação de energia integrado faz circular água fria por todos estes componentes e, como resultado da transferência de calor, produz água quente até 90°C. Esta água quente pode ter várias aplicações na indústria.

A maioria das indústrias pode utilizar água quente para aquecimento do espaço, chuveiros e outras aplicações. No entanto, as indústrias que mais irão beneficiar são aquelas que têm uma necessidade contínua de água quente e vapor para os seus processos. Geralmente, as indústrias que utilizam água quente e vapor incluem fábricas de transformação de alimentos e leite (escaldar, limpar, esterilizar, derreter), a indústria de pasta de papel e papel (nos digestores e evaporadores e no branqueamento e desfibração), a indústria têxtil (tingimento, estabilização de fibras artificiais), a indústria farmacêutica (fermentação e esterilização), refinarias, fábricas de produtos químicos e petroquímicos (destilação a vapor, recuperação avançada, decapagem, detecção de calor), centrais eléctricas (produção de electricidade) e salas limpas (humidificação).

A água quente ou vapor são geralmente produzidos em caldeiras industriais que consomem electricidade ou combustíveis tais como óleo de aquecimento ou gás natural. Com a utilização da água quente do compressor, quer directamente quer como água de alimentação da caldeira pré-aquecida, é possível reduzir consideravelmente o consumo de combustível ou até mesmo eliminá-lo. Isto resulta numa significativa poupança de energia.

Chris Lybaert, presidente da Divisão Oil-free Air da Atlas Copco afirma: “Em suma, o compressor Carbon Zero oferece aos nossos clientes um ganho duplo com grandes benefícios ambientais e uma maior rentabilidade.”

A Atlas Copco poderá ter de divulgar a informação aqui contida, em virtude do disposto no Securities Markets Act (Lei de Segurança dos Mercados Financeiros).

Para mais informações, contacte:

  • Chris Lybaert, presidente da área de negócios de Técnica de Compressores da Atlas Copco - Divisão Oil-free Air
    Tel: +32 3 870 22 09
    Correio electrónico: chris.lybaert@be.atlascopco.com

A Atlas Copco é líder mundial no fornecimento de soluções para produtividade industrial. Os produtos e serviços abrangem desde equipamento de ar e gás comprimido, geradores, equipamento de construção e exploração mineira, ferramentas industriais e sistemas de montagem até serviços de pós-venda e aluguer relacionados. Em cooperação estreita com os clientes e parceiros comerciais e com mais de 136 anos de experiência, a Atlas Copco inova, para uma produtividade superior. Com sede em Estocolmo, na Suécia, o alcance global do Grupo abrange mais de 160 mercados. Em 2008, a Atlas Copco tinha 34.000 funcionários e apresentou receitas de BSEK 74 (BEUR 7,7). Para saber mais, visite www.atlascopco.com.

A Oil-free Air é uma divisão que se insere na área de negócios Técnica de Compressores da Atlas Copco. Desenvolve, fabrica e comercializa compressores de ar isentos de óleo para todos os tipos de indústrias no mundo em que a qualidade do ar seja vital, e compressores com injecção de óleo para aplicações menos críticas. A divisão concentra-se nos sistemas de optimização de ar e nas soluções para ar de qualidade, para melhorar ainda mais a produtividade dos clientes. A sede da divisão e o principal centro de produção estão localizados em Antuérpia, na Bélgica.


NOTA DE RODAPÉ PARA OS EDITORES:
 
Este lançamento, em conjunto com um kit de imprensa completo e fotografias e diagramas em alta resolução, está disponível no Web site da Atlas Copco: www.carbonzerocompressors.com