Mianmar, uma história de sucesso na geração de oxigênio

Em 1994, ocorreu a primeira negociação com a Ni-Lay Naing Co Ltd., em Mianmar. Naquela época, a grande quantia de 4 milhões de dólares foi paga por 20 mil toneladas de arroz para suprir três hospitais. Ela continua a ser uma das maiores negociações médicas já realizadas. Hoje, o equipamento ainda é utilizado e tem resistido ao teste de tempo com relação ao design, à qualidade e à instalação.

Apresentação da geração de oxigênio no local

Nos anos seguintes, o país passou por várias mudanças políticas, colocando o comércio em uma espera. Porém, depois que as sanções internacionais começaram a ser levantadas, nos últimos anos enxergamos a oportunidade de reconectar e retomar as relações com nossa parceira original, a Ni-Lay Naing Co Ltd. Dessa forma, começamos a reconstruir a rede e a ambição de fazer a empresa crescer a partir do zero.

À medida que o país voltou a abrir suas portas para os negócios, um dos principais objetivos era melhorar o setor da saúde, que, até este momento, não recebia muitos investimentos, desenvolvimentos, equipamentos e pessoas. Havia muita necessidade de cuidados de saúde, e o governo rapidamente percebeu que para melhorar os cuidados de saúde e tratamentos era essencial fornecer oxigênio para todos os hospitais. Os cilindros de alta pressão existentes eram antigos, com péssimos cuidados, vazamentos e, ainda por cima, muito caros. A alternativa foi a geração de oxigênio no local.

Setor médico

Nossos conhecimentos médicos postos à prova

Com a falta de conhecimento, tratava-se de uma curva de aprendizado íngreme para o governo e o setor de saúde. Nas primeiras propostas, as especificações para os sistemas de oxigênio foram descritas em um documento de apenas um parágrafo, todas oferecidas como parte de uma compra estratégica para a saúde, incluindo ambulâncias, móveis, máquinas de anestesia, vácuo portátil, etc. As localizações hospitalares eram desconhecidas, bem como o princípio de controle central e os pedidos para o estoque central sem o conhecimento de capacidade, pressão de entrega e taxa de vazão.

A primeira encomenda foi realizada com uma empresa comercial originária da China, de Taiwan e de diversos outros locais para reduzir o preço. Até hoje, esses sistemas ainda não estão funcionando. Essa foi, sem dúvida, uma ótima oportunidade para que fizéssemos lobby e trabalhássemos com a equipe de compras do governo em uma abordagem mais detalhada e profissional.

Os benefícios de um Oxyplant

No final de 2014, isso resultou no primeiro grande sucesso: uma encomenda de 400 mil dólares para dois Oxyplants em containers. Os containers estavam totalmente equipados com

  • compressores 
  • secadores 
  • reservatórios de ar 
  • geradores de oxigênio com OGP 18 
  • tanques de amortecimento de oxigênio 
  • compressores tipo boosters 
  • rampas de abastecimento
  • Um sistema de ar condicionado foi instalado dentro dos containers para manter a temperatura dentro dos limites de funcionamento.

    Ao lado dos containers de oxigênio, também foram instalados coletores como apoio de emergência com tubulações, válvulas e alarmes, tudo isso para garantir a continuidade do fornecimento de oxigênio para as áreas mais críticas do hospital. Com o apoio da instalação de nossos técnicos, o equipamento foi finalmente entregue e aceito com sucesso pelo Ministério da Saúde.

    Oxyplants com boosters

    Esta abordagem profissional foi recompensada por mais duas encomendas em 2015. A primeira foi para dois grandes Oxyplants com capacidade de 80m³/h cada. A instalação foi equipada com um booster para abastecimento local do cilindro. A segunda foi avaliada em 1 milhão de dólares no total, consistindo em cinco Oxyplants 29 em containers. Todo o equipamento foi enviado em dezembro de 2015.

    Algumas semanas depois, em janeiro de 2016, recebemos um pedido urgente de Mianmar. Um fornecedor concorrente de equipamentos de oxigênio não estava conseguindo entregar o seu equipamento a tempo. Assim, a Atlas Copco foi chamada para ajudar, desta vez, com um prazo muito pequeno. A data-limite absoluta para a entrega era 21 de março, pois o novo governo precisava ser juramentado, e todos os contratos anteriores se tornariam nulos e sem efeito. Isso significou 8 semanas para processar a encomenda e criar um anúncio para entrega de três Oxyplants 29.

    União de urgência e qualidade

    O desafio tornou-se ainda maior quando a instalação exigiu três compressores tipo booster que seriam os primeiros boosters da Oxicomp a serem comprados da Ceimsa, Espanha, uma empresa recentemente adquirida pelo grupo Atlas Copco. Além disso, foi a primeira vez que os geradores de oxigênio foram construídos na nova linha de produção em Oosterhout, Holanda. As nossas instalações médicas em Abingdon e Staveley, no Reino Unido, ajudaram com os coletores de emergência, o processamento de encomendas e a logística. Finalmente, o objetivo foi alcançado: todos os equipamentos chegaram ao porto de Yangon 48 horas antes do prazo. Foi uma experiência desafiadora, mas que elevou a nossa marca e funcionários aos olhos dos departamentos governamentais de Mianmar, principalmente a sua equipe de Aquisições e Contratos.

    O valor desta encomenda urgente foi um adicional de 480 mil dólares, elevando o total para o fenômeno de Mianmar em mais de 2 milhões de dólares em 24 meses. Com ainda mais containers de oxigênio na tubulação, a história de sucesso na terra de pagodes continua por meio do estabelecimento das marcas de um negócio sustentável.