O fabricante têxtil indonésio conta com compressores centrífugos isentos de óleo

Como a empresa têxtil Primayudha Mandirijaya Pt. na Indonésia tornou-se mais automatizada, o compressor de ar no centro de seus processos tornou-se mais crítico. Em 2012, a empresa comprou um compressor de ar centrífugo ZH 350+ com pressão de 7 bar e 350 kW para controlar as válvulas e cilindros para seus processos de fiação e enrolamento. A escolha foi feita porque proporcionou a máxima produtividade através de uma pressão constante e confiável, eliminando todos os vestígios de óleo do ar utilizado e evitando, assim, qualquer risco de danos ao produto.

Compressores isentos de óleo Classe 0 Indústria têxtil

Produtividade constante através de pressão constante

O ar de alta qualidade é essencial em unidades têxteis integradas, principalmente na escala de Primayudha Mandirijaya Pt., que produz entre 95 mil e 120 mil fardos de fio por ano. Na máquina de enrolamento, o ar comprimido é utilizado para emendar fios. Nas máquinas convencionais de fiação e enrolamento de anéis, utiliza-se o ar comprimido para emendar fios. O ar comprimido desempenha um papel mais crítico nos modernos sistemas de fiação de vértice a jato de ar instalados na Pt Primayudha. A Atlas Copco foi a primeira fabricante a fornecer à indústria têxtil soluções de ar comprimido isentas de óleo e eficientes em termos energéticos que possibilitam a produção de fios com uma taxa relativamente elevada.


“A pressão constante é o elemento mais importante de nossa fábrica, e apenas os compressores centrífugos Atlas Copco atendem a nossas exigências de pressão e proporcionam-nos uma elevada produtividade.”

Mukesh Garg, Gerente de Produção da Primayudha Mandirijaya Pt.

O compressor centrifugo ZH 350+ isento de óleo elimina os riscos

Durante o processo de fiação a jato de ar, o algodão é transformado em fios com ar comprimido fornecido por bicos finos. O óleo no ar comprimido pode entupir estes bicos e manchar o fio, que está em contato direto com o ar comprimido. E o mau resultado podem ser substituições de bicos caros, perdas de produção e rejeição do produto pelo cliente.
O compressor centrífugo ZH 350+ isento de óleo está em conformidade com a certificação da norma ISO 8573-1 classe 0 (2010). Isto significa risco zero de contaminação, risco zero de produtos danificados ou pouco seguros e risco zero de perdas de tempo de paralisação operacional.
A Primayudha Mandirijaya Pt. adquiriu outra unidade da Atlas Copco - um compressor centrífugo ZH 500+-9 em novembro de 2013. Entregue como um pacote plug-and-play, o ZH 500+-9 emprega aerodinâmica avançada para reduzir o consumo de energia no núcleo e reduzir a queda de pressão do resfriador, do filtro de entrada e do design de peças otimizado. Isso economiza até 7% em consumo de energia específica a plena carga e até 9% em carga parcial. A nova máquina chegou em abril de 2014.

“Esta nova máquina nos ajudará a aumentar a confiabilidade de nossa produção, proteger a qualidade de nosso produto e alcançar a máxima economia de energia.”