Perfuração à distância

Conceito à prova

A Minntac faz um test drive da Pit Viper tele-remota

20 de Abril de 2017

A United States Steel Corporation tem passado por uma transformação dos seus negócios principais em meio a mercados desafiadores desde 2013 com uma série de estratégias de programas que chamam de “The Carnegie Way” (À Moda de Carnegie). Localizada na Serra do Ferro, uma formação de taconita no norte de Minnesota, a mina Minntac da U. S. Steel está buscando a tecnologia. Operações de perfuração tele-remotas são compatíveis com muitos dos valores da empresa, dando suporte à sustentabilidade contínua por meio da maior eficiência para as próximas gerações. A capacidade tele-remota da carreta de perfuração rotativa para furo de desmonte Pit Viper 351 da Atlas Copco foi introduzida na operação de Minntac, para que a empresa pudesse ver como ela seria integrada à operação existente. A operação remota de uma unidade de perfuração geralmente dá às minas acesso seguro a áreas que, de outra forma, seriam difíceis de perfurar ou retirar. Ela também pode dar a um perfurador a capacidade de operar várias carretas de perfuração simultaneamente, a partir de uma plataforma de operação. Esse desempenho melhor, a produtividade mais alta e a maior segurança são os princípios essenciais da iniciativa The Carnegie Way.

“Temos rocha competente e boas condições de perfuração em toda a nossa mina. Queríamos experimentar a Pit Viper tele-remota como prova do conceito, no tocante à maior eficiência: isso irá aumentar a produtividade?”

Matt Luoma, Area Manager of Mine Engineering and Development at Minntac

A operação tele-remota elimina da equipe algumas das tarefas que não são de perfuração, como inspecionar a área ao redor da perfuratriz antes da locomoção, limpar os fragmentos, tampar o furo etc. Os polígonos de perfuração podem ser executados mais rapidamente, pois a perfuração é controlada à distância. As tarefas são reduzidas, o que permite ao perfurador operar várias carretas de perfuração de uma vez, estejam elas no mesmo polígonos ou em cavas separadas. Isso já está sendo feito em uma operação canadense, onde os perfuradores operam duas carretas de perfuração a partir da mesma estação de controle tele-remoto. E em uma mina da Austrália, um perfurador operou uma unidade de perfuração Pit Viper da Atlas Copco a partir da sua estação de operação remota a 1.347 quilômetros (837 milhas) de distância da carreta de perfuração. Em teoria, uma perfuratriz poderia ser operada tele-remotamente a partir de uma estação de controle em qualquer lugar do mundo. Em primeiro lugar, a Minntac queria ver como os perfuradores experientes se ajustariam à operação de uma carreta de perfuração sem estar nela fisicamente. "Esperávamos alguma rejeição," Luoma afirmou. "Mas, afinal, os nossos perfuradores são totalmente a favor."

O perfurador de Minntac, Casey Sunsdahl, não teve problemas para fazer o ajuste, embora tenha admitido que estava apreensivo no começo. "Os perfuradores se acostumam a perfurar "sentindo", afirmou. "Ao final, eles começam a confiar nas sensações e nos sons, então não têm certeza do que vai acontecer sem essas sensações. Eu também estava preocupado com isso no começo. Quando a broca começa a embocar o furo, a coluna quer oscilar. Você pode sentir isso na carreta de perfuração. Mas aprendi imediatamente que as câmeras e os medidores mais do que compensam essas sensações." A mina se comprometeu com um período de demonstração de duas semanas, deixando três dias para cada perfurador operar sua unidade de perfuração Pit Viper 351 a diesel a partir da estação remota. Embora a unidade tele-remota estivesse emprestada de outra mina e tenha sido personalizada para as especificações dela, o sistema é compatível com outros modelos de carreta de perfuração e foi adaptado para uso com a PV-351 de Minntac sem nenhum problema. Sunsdahl afirmou que a perfuração tele-remota pode até ter feito com que recuperasse sua habilidade de perfuração. "na operação tele-remota, você realmente precisa confiar mais nos seus manômetros. Mas isso não é novo. Sempre é suposto que você esteja observando os seus manômetros e indicadores. Quando tento fazer uma comparação, acho que a diferença é que antes eu podia observar meus manômetros para ter uma segunda opinião para o que eu acreditava estar acontecendo. No modo tele-remoto, os manômetros e indicadores são a parte principal, não o backup." "Basta olhar para a visão que se obtém com estas câmaras." Sunsdahl ampliou o zoom na coluna da perfuratriz até que o tubo giratório quase preenchesse a tela. "Você não pode ver isso tão bem da cabine da carreta de perfuração." Daí ele fez uma panorâmica pela coluna da perfuratriz até a cabeça rotativa. "E também não se pode ver a torre estando no assento da cabine." Ele fez uma panorâmica em toda a perfuratriz, depois para uma visão geral de toda a bancada. "Posso ver em todas as direções, então tenho certeza de que ninguém está na bancada. Posso ver quaisquer obstáculos possíveis antes de aplicar propulsão à perfuratriz."

Fazer download do artigo para ler a história completa

  • Pit Viper Automation.pdf 389.4 kB, PDF