Mantendo as pelotas da Rússia rolando

9 de Janeiro de 2014

A mina de minério de ferro Karelsky Okatysh, na República de Karelia, na Rússia, continua aumentando a produção ano a ano, independentemente das flutuações dos preços dos metais.

Em um momento em que muitas empresas de mineração estão reduzindo a produção para ajuste à demanda mais baixa, a mina de ferro Karelsky Okatysh da Rússia continua aumentando a produção, com uma perspectiva positiva do futuro. O motivo é que essa mina jovem, fundada em 1982, agora está colhendo os benefícios dos investimentos feitos nos últimos anos recentes em tecnologia moderna e soluções de automação. Karelsky Okatysh é de propriedade da Severstal, o segundo maior produtor de pelotas de minério de ferro da Rússia, e um dos mais lucrativos produtores de aço. Também é uma das operações de mineração mais modernas da Rússia, responsável por aproximadamente 20 por cento do minério de ferro do país.

“Nós gostamos da DM-M3 porque ela permite perfurar com maior diâmetro dos furos, nos dando mais volume desmontado por metro. Com quatro DM-M3s perfurando em grande diâmetro nos permitiu aumentar a produção de desmonte”

Denis Golubnichy, Engenheiro Chefe de Mineração

A cidade mais próxima é Kostomuksha, a cerca de 12 km a sudoeste, que mais parece um campus universitário do que uma vila de mineração típica. Aqui, mais de 5.000 pessoas, em uma população de 30.000 pessoas, estão envolvidas na indústria de mineração em uma competência ou outra. O minério dessa região é magnetita quartzito, que produz pelotas de alta qualidade, como concentração de ferro superior a 68%. Quatro cavas estão produtivas no site, sendo duas delas responsáveis pela maior parte da produção - Central e Korpanga - e têm vida de 34 anos com reservas provadas de 480 bilhões de toneladas. A Cava Central, a primeiro a ser explorada, e provavelmente será a última, é a maior. Atualmente, tem 5 km de comprimento, 2 km de largura e 300 m de profundidade e atingirá uma profundidade de 460 m.

A frota de unidades de perfuratrizes para desmonte inclui quatro perfuratrizes rotativas a diesel DM-M3, bem como uma FlexiROC D50 e uma FlexiROC D60, todas da Atlas Copco

Karelsky Okatysh é de propriedade da Severstal, o segundo maior produtor de pelotas de minério de ferro da Rússia, e um dos mais lucrativos produtores de aço. Também é uma das operações de mineração mais modernas da Rússia, responsável por aproximadamente 20 por cento do minério de ferro do país.

Eficiência contínua

A estratégia da empresa é não permitir que as flutuações do preço de ferro influam sobre as suas operações, mas sim aumentar a produção ano após ano através de contínua melhoria da eficiência. Os investimentos em tecnologia lean e soluções de automação tiveram uma grande contribuição para o esforço de atender essa meta. Por exemplo, quando um caminhão é carregado com rocha, um sensor consegue medir a relação entre minério e rejeito contido na carga. Se o sensor detectar menos de 10 por cento de minério, o material é enviado para pilha de estéril. Se o teor de minério for de 10 a 25 por cento, ele é direcionado para o britador. E se o grau da carga for superior a 20 por cento, o minério é transportado para a ferrovia e enviado diretamente para a planta de beneficiamento. Dos mais de 35 milhões de toneladas produzidos a cada ano, 10 milhões de toneladas são britados na cava, enquanto 20 por cento permanece na tonelagem britada.

“Até agora, tem sido excelente. Sempre que uma peça sobressalente é necessária ou um determinado problema surge, os técnicos de serviço apresentam uma solução rápida.”

Zakhar Pavlov, Gerente da Mina