Pit Viper gêmeas integram a frota de Kevitsa na Lapônia

31 de Janeiro de 2015

A mina Kevitsa na Lapônia Finlandesa, 130 km dentro do Círculo Polar Ártico, continua se desenvolvendo com equipamentos Atlas Copco. Entre as aquisições mais recentes estão duas perfuratrizes Pit Viper 271 que agora estão em operação plena.

Essas perfuratrizes com acionamento elétrico são as primeiras do gênero na Finlândia e se juntam a uma frota de carretas de perfuração a céu aberto da Atlas Copco que inclui a SmartROC D65 e a FlexiROC D65, que já estão operando com sucesso no local. A mina Kevitsa, que é um complexo de cobre-níquel-ouro-platina, é de propriedade da First Quantum Minerals e está em produção desde 2012. Hoje produz 20.000 toneladas de cobre e 10.000 toneladas de níquel anualmente. As perfuratrizes Pit Viper impõem sua presença na paisagem, para dizer o mínimo. Com 26 m de altura na posição de perfuração e medindo 25 m de comprimento na posição de transporte, somente as escavadeiras gigantes da mina, que são as maiores da Europa, são páreo para elas. Essas perfuratrizes são capazes de perfurar em passo-único furos de 171 a 250 mm a uma profundidade máxima de 16,8 m. Em Kevitsa, a tarefa delas é a perfuração DTH de furos de 225 mm até uma profundidade de cerca de 14 m.

“Elas são perfuratrizes robustas e se darão bem em Kevitsa. A partida foi um sucesso, as peças chegaram a tempo e o trabalho foi muito bem agendado pela Atlas Copco”

David Haataja, Capataz da mina

Altamente avançado e fácil de usar

Haataja observa que o controle do cabo é um fator crítico quando se trata de equipamento operado eletricamente, mas na série Pit Viper 270 isso é "altamente avançado e fácil de usar". O cabo é controlado por meio de um controlador remoto e permanece bem enrolado no carretel, complementa ele. A Atlas Copco treinou os operadores e o pessoal de serviço de Kevitsa antes da chegada das unidades na mina, utilizando simuladores da Pit Viper, e também nas próprias perfuratrizes

“Estamos satisfeitos em receber as Pit Vipers em Kevitsa. Elas são muito importantes para atingir grandes volumes de produção. Perfuratrizes operadas eletricamente geram economias em comparação com as mesmas máquinas operadas com combustível e os benefícios ambientais também são importantes.”

Wyatt Buck, Diretor de Operações, First Quantum Mining

As ferramentas de perfuração da Atlas Copco Secoroc também são utilizadas para a frota de perfuratrizes, incluindo COPROD, usada pelo empreiteiro E. Hartikainen Oy em conjunto com uma FlexiROC D65. Assistência e manutenção estão a cargo da equipe de sete técnicos da Atlas Copco. Além das plataformas de perfuração, a mina Kevitsa conta ainda com martelos demolidores, torres de iluminação, geradores portáteis e compressores da Atlas Copco.