Secoroc QL300 inovando em solo chinês

28 de Junho de 2016

Martelos e bits DTH de grandes diâmetros são usados mais comumente dentro de projetos de construção para aplicação de estacas e perfurações de fundações. Esse segmento de mercado é um dos nossos pontos fracos na China e, portanto, uma das nossas principais áreas de foco para melhoria neste ano. No Natal do ano passado, a CC China recebeu um pedido de um QL 300 com uma bit de perfuração de 1 m de diâmetro. Os produtos foram fabricados na fábrica de Zhangjiakou a tempo, no final de Fevereiro. A entrega e início de operação ocorreram em Março, entrega esta liderada pelo nosso Especialista de Produtos Yan-Po Wang, que também prestou assistência e supervisão à perfuração nas duas primeiras semanas no local.

Não jogue energia no lixo

O local de perfuração fica na província de Hunan, região central da China. Esse grande projeto do Hunan Environmental Protection Group está construindo uma usina de energia movida a incineração de lixo. Incineração significa, basicamente, a queima de materiais de descarte para gerar calor e eletricidade. O comissionamento da usina está programado para 2017.


O cliente é uma empreiteira de perfuração denominada Chongqing TED pile foundation co. LTD. Anteriormente, usavam outra marca de consumíveis de perfuração, feitos na Coreia do Sul, e perceberam que teriam dificuldades para terminar todos os furos a tempo. Eles souberam do nosso poderoso martelo QL 300 e decidiram experimentar, com o objetivo de melhorar a produtividade. Nesta fase do projeto, sua tarefa era perfurar 120 furos de estaca raiz, com 1m de diâmetro e profundidade entre 9 e 25 m cada furo. A rocha consistia em granito com alto teor de quartzo/sílica (<50 %) com dureza variando de 60 a 130 MPa. A rocha apresentou desenvolvimento de fendas longitudinais.


Alto desempenho

O tamanho desejável do furo de 1m (1.000 mm), na verdade está fora da faixa de tamanho de furo recomendada para o martelo da Kukje (fabricante da Coreia do Sul). O bit superdimensionado tinha um impacto negativo sobre a velocidade de perfuração devido ao pistão relativamente leve dos martelos K640. O martelo K640 tem comprimento menor e tem diâmetro externo menor, o que restringe a capacidade e a eficiência de descarga. Com uma descarga menor do que a ideal, a taxa de penetração será menor e haverá excesso de desgaste por abrasão do bit de perfuração e no martelo. O QL 300 exige um volume de ar ligeiramente maior para manter a pressão de ar tão alta quanto a do martelo K640. No entanto, o pacote de ar atualmente disponível para a carreta de perfuração, a QL 300 ainda funcionava a uma taxa de perfuração 20% mais alta, mas trabalhando com menos pressão de ar que o martelo K640.

Um bit melhor

O bit de perfuração Atlas Copco tem várias vantagens em relação ao bit feito na Coréia. A haste do bit (a parte que é montada no interior do martelo) tem um projeto diferente. Primeiro, o bit é muito mais pesado e mais forte. O diâmetro de 1m da cabeça do bit está bem no meio dos tamanhos de furo recomendados, o que garante boa vida útil e alta confiabilidade, com risco mínimo de falhas. O nosso bit também não usa válvula de pé, o que minimiza o risco de falha. O bit Secoroc também tem um projeto exclusivo nas ranhuras de descarga, para evacuação mais eficiente dos pedriscos. Isso contribui para a taxa de penetração mais rápida e também para melhorar as características anti-desgaste do bit de perfuração. Além disso, nosso projeto tipo L dos pinos de acionamento também ajuda a reduzir o desgaste das aletas e o acúmulo de calor.

Mais a seguir

A maior produtividade com a utilização do QL 300 ajudou o cliente a terminar os 120 furos de estaca raiz a tempo. "O cliente ficou impressionado com a produtividade do QL 300 e também comentou sobre os furos limpos criados, o que ajuda no derramamento de concreto", afirma Yan-Po Wang, nosso Especialista de Produto DTH na China. "E para o próximo projeto, o cliente planeja adicionar mais um compressor de ar para aumentar mais a taxa de penetração. Para maximizar os benefícios da perfuração com o QL 300!", acrescenta Yan-Po.

Claes Hillblom, Gerente de Negócios Regional

“Gostaria de felicitar e agradecer a Yan-Po, que fez um trabalho fantástico no apoio ao Centro de clientes durante todo o processo nesse projeto: de ganhar o pedido ao início de operação e solução de problemas no local. Com base nessa história de sucesso e o recém-descoberto conhecimento sobre o potencial negócio a ser ganho na China, o Centro de clientes decidiu investir em seus próprios engenheiros de vendas técnicas com foco específico na indústria de construção e no uso de produtos DTH de grandes diâmetros na China”

Mario Andrade, Gerente de Linha de Produtos, Perfuração Geotécnica
O martelo Secoroc QL300S em comparação com o martelo da concorrência.