Maior segurança com BenchREMOTE na mina Savage River

25 de Maio de 2015

A mina Savage River aumentou o foco na segurança, com a instalação de uma estação móvel de controle remoto para unidades de perfuração.

BenchREMOTE operator station

Após quatro anos sem acidentes de trabalho com baixa/afastamento, a mina de minério de ferro Savage River na costa oeste da Tasmânia faz jus ao orgulho que tem do seu recorde de segurança. Essa operação a céu aberto, de propriedade Grange Resources, tem colocado a segurança em primeiro lugar regularmente na perfuração em bancada e detonação. Agora essa operação ficou ainda mais segura, com a introdução de uma estação móvel de controle remoto, permitindo a um operador de uma unidade de perfuração SmartROC D65 da Atlas Copco controlar todo o processo de perfuração à distância. Essa inovação da Atlas Copco, chamada BenchREMOTE, replica os comandos na cabine da carreta de perfuração. Pode ser montado em qualquer veículo de mineração ou cabine móvel dedicada e ser operado a distâncias de até 100 m.

Teste da cabine virtual

A Grange Resources decidiu colocar a estação em teste em Savage River e a instalou ao lado de um veículo similar a um jipe fora-de-estrada. A partir dessa "cabine virtual", o operador conseguiu realizar todas as operações de exploração com sucesso em todo o alcance de 100 m desde o local de perfuração. Essa capacidade é de importância especial no poço de Savage River, pois está localizado em uma região sujeita a grande volume de precipitações ocasionalmente, o que pode ameaçar a estabilidade das bancadas. Como resultado disso, a estação BenchREMOTE da mina é uma medida de segurança adicional no local e é usada principalmente quando o SmartROC D65 precisa perfurar perto da parede alta do poço, removendo o operador da área e evitando o perigo das rochas que caem. "Estamos usando a estação BenchREMOTE até 50 por cento do tempo, tanto no poço sul quanto no poço norte", diz John Crockett, Superintendente da Mina da Grange Resources, dizendo também que o HNS (Hole Navigation System, Sistema de Navegação do Furo) da carreta de perfuração elimina a necessidade de marcar os orifícios manualmente. "Temos também uma unidade de carga remota para que as pessoas podem ficar ainda mais longe da parede alta", continua.

“BenchREMOTE é o máximo em redução dos riscos e remove completamente o risco. É o caminho para o futuro”

John Crockett, Superintendent Grange Resources
Not applicable

Da cabine virtual, o operador do SmartROC D65 monitora e controla a carreta de perfuração através de uma rede WiFi de circuito fechado que é independente da infraestrutura de comunicações da mina. Além disso, as funções da carreta de perfuração SmartROC D65 de funções de autoemboque, autoposição, autoperfuração e troca de haste da carreta de perfuração garantem a perfuração precisa e produtiva, seguindo o padrão de perfuração que é carregado via USB. "É incrível!" diz Ben Whish-Wilson, operador da carreta de perfuração. "Tem uma boa câmera para poder ver tudo o que está acontecendo e tem resposta em tempo real. Basicamente, tenho o mesmo nível de controle (do que na carreta de perfuração). Gosto particularmente do botão autopos, que endireita a alimentação. A autoperfuração também é boa." Com os atuais preços baixos do minério de ferro, manter o acesso ao minério de grau elevado, desenvolver a mina e concentrar-se em custos são as principais prioridades da Savage River. Nesse contexto, a adição de uma estação BenchREMOTE é muito mais do que apenas uma forma de aumentar a segurança. Permite que a mina acesse o minério que, de outra forma teria exigido a redução do gradiente da parede alta e a detonação de muito mais resíduo de rocha.

BenchREMOTE operator station

Desenvolvimento futuro

A estação remota atualmente é usada junto com uma unidade de perfuração, mas pode ser configurada para permitir que um operador controle várias carretas de perfuração em paralelo, potencialmente aumentando a produtividade. John Stanton, Gerente de Filial da Tasmânia da Atlas Copco, afirma a sua equipe em Burnie fornece à mina o respaldo necessário em termos de manutenção, peças, troca de serviço e suporte de treinamento para a carreta de perfuração. Ele também complementa dizendo que a SmartROC D65 da mina em breve será equipada com Acesso Remoto à Carreta de Perfuração, permitindo que os dados sejam transmitidos e recebidos pela própria rede local (LAN, Local Area Network) de Grange Resources.

A decisão certa

Sempre que a estabilidade da bancada em minas a céu aberto está em dúvida, a decisão certa é tirar os operadores da unidade de perfuração para fora da zona de perigo. A estação de controle remoto BenchREMOTE SmartROC da Atlas Copco permite fazer exatamente isso para aumentar a segurança. Essa réplica móvel da cabine da carreta de perfuração permite que os operadores realizem todas as tarefas de perfuração a distâncias de até 100 m do furo. O console de controle é idêntico ao que está na carreta de perfuração e a tela fornece a mesma visão geral da posição do furo. Além disso, como essa "cabine virtual" pode ser montada em um trailer, pode ser rebocada facilmente e instalada na melhor posição. A BenchREMOTE opera através de uma rede WiFi de circuito fechado que é independente da rede LAN da mina e, no futuro, também será possível controlar até três carretas de perfuração usando uma única estação.

2015 Mineração Relato de cliente