Nova unidade de perfuração para o ouro russo

4 de Junho de 2015

Um especialista russo em exploração e mineração de ouro aluvial passou dos métodos tradicionais para a perfuração e detonação, com uma nova unidade de perfuração de superfície.

Há muitos anos, Priisk Solovyevsky, um especialista russo na exploração de ouro aluvial, utilizava principalmente escavadeiras, tratores e carregadeiras, mas agora a empresa investiu em outra forma para recuperar o precioso mineral – perfuração e detonação. Localizada em Solovyev, no remoto distrito de Tynda (província de Amursky), a empresa estabeleceu-se em 1868 e desde então produziu cerca de 220 toneladas de ouro a partir de 660 milhões de metros cúbicos de território de mineração aluvial. Sua operação atual é um campo de ouro de 145 anos que produz 2,2 toneladas de ouro por ano. No entanto, apesar dos muitos anos de sucesso, Priisk Solovyevsky reconhece que a nova tecnologia é a chave para o aumento de produtividade, na forma de uma unidade de perfuração de superfície PowerROC D55 da Atlas Copco. A mina definiu uma meta de produção de um milhão de toneladas de rejeito de rocha por ano para a nova PowerROC D55. Ivan Trubetskoy, que lidera o departamento de equipamentos de perfuração na Priisk Solovyevsky, diz: “Não importa o que aconteça com a economia, a mineração de ouro sempre é considerada um setor fundamental para crescimento e desenvolvimento na Rússia.

Qualidade e confiabilidade

“Compramos a PowerROC D55 sobretudo pela sua elevada qualidade mas também pela sua fiabilidade, e isso é muito importante nesta remota região com as suas baixas temperaturas. Além disso, o minério de granodiorito no poço tem uma resistência à compressão de 200 MPa, então precisamos de uma poderosa máquina para perfurá-lo." A Atlas Copco forneceu treinamento para os usuários e a assistência da Atlas Copco mantém a plataforma e fornece as peças, embora por vezes os prazos de entrega possam ser longos devido à localização remota. Trabalhando em dois turnos de 11 horas por dia, a PowerROC D55, que está equipada com a unidade de rotação DHR6 H56, hastes de 114 mm e coroas de botão esférico de 130 mm, até agora perfurou cerca de 20.000 metros. As bancadas têm cinco metros de altura e os furos são perfurados em um padrão de carga e espaçamento de 3,5 x 3,5 m. Os furos são perfurados até 5 m de profundidade, com 0,5 m de subperfuração. Um total de 42 perfurações é feito por turno e a carreta de perfuração fornece uma taxa de penetração média de 0,65 a 0,8 m/min, dependendo da rocha, ou 6,5 minutos por furo. Explosivos em emulsão são utilizados e o afiamento das coroas é feito após 380 metros de perfuração.

A PowerROC D55

A PowerROC D55 é uma plataforma de perfuração de elevada capacidade para a gama de diâmetros do furo de 110 a 165 mm (4 5/16 “ a 6 1/2") e foi concebida para máximo de tempo operacional e simplicidade de funcionamento. Tem um compressor embarcado que fornece 271,3 l/s de ar a uma pressão de 20 bar e descarga forte, ajudando a garantir furos limpos e retos. O projeto hidráulico simples fornece produtividade e confiabilidade em aplicações exigentes e a grande distância do solo e capacidade de deslocamento rápido fornecem alta capacidade de manobra em terreno difícil.

2015 Relato de cliente Carretas de perfuração a céu aberto Pedreira Divisão de Perfuração de Exploração e a Céu Aberto