Uma grande vitória para o estanho da China

15 de Maio de 2015

A mina de Datun quebra novos recordes de produtividade com os equipamentos de sondagem subterrânea Diamec

“Embora os modelos Diamec U4 e Diamec U6 variem no tamanho e na potência, eles têm uma característica comum que é a alta eficiência de produção. Eles precisam somente de dois operadores, em vez de três, em um turno, e isso tem um papel muito importante na redução de porte para a eficiência de estratégia”

Guang Gu, Diretor do Departamento de Equipamentos e Energia da Mina de Datun
Diamec

Desde que os franceses construíram uma ferrovia do planalto de Yunnan ao Vietnã, no fim do século 18, o estanho tem sido uma exportação importante para os países do Sudeste Asiático. Hoje, uma onda de modernização está varrendo as minas da Província de Yunnan, e a Mina de Datun, que tem as maiores reservas de estanho da China e uma produção anual de dois milhões de toneladas de minério de estanho e 12.000 toneladas de estanho, não está sendo poupada. Localizada na cidade de Geiju e operada pelo Yunnan Tin Group, a mina está buscando introduzir nova tecnologia e equipamento para aumentar os níveis de eficiência. Como parte desse projeto, a mina comissionou duas novas unidades de perfuração de exploração da Atlas Copco - uma Diamec U4 e a Diamec U6, maior - ambas quebraram recordes de produtividade. Perfurando 15 horas por dia em uma galeria de 5 x 6 m de diâmetro, a Diamec U4 atingiu uma taxa de produtividade média de 900 m por mês, 150% melhor do que o equipamento anterior. Então, a produtividade elevou-se bastante mais uma vez quando a Diamec U6 entrou em operação. Trabalhando em uma face de exploração 6 x 8 m e perfurando a uma profundidade de 618 m, a carreta de perfuração atingiu uma taxa de produtividade máxima de 1.390 m/mês, com uma média de 1.030 m/mês.

2016 Relato de cliente Carretas de perfuração a céu aberto Exploration Equipamentos para sondagem