Indústria de eletrônica automotiva - grande potencial de dados

Em um segmento da indústria em que a automação, a conectividade e a rastreabilidade estão se tornando cada vez mais comuns, o próximo desafio é recuperar insights e previsões a partir dos dados coletados.

Carros e outros veículos a motor estão, em muitos aspectos, tornando-se cada vez mais complexos...

Uma infinidade de novas funções, gadgets, aplicativos de software e sensores estão fazendo parte da construção do hardware. De outras formas, estão se tornando mais simplificados – a eletrificação elimina a necessidade de um motor de combustão pesado e desajeitado. A indústria automotiva está sempre à frente das demais indústrias quando se trata de trazer novas tecnologias para os processos de fabricação e montagem. Mas a montagem de componentes eletrônicos para veículos pode ser muitas vezes um processo completamente diferente, ocorrendo em um local completamente diferente da montagem final do carro.


Homem + máquina (robôs/cobots colaborativos)

Esta é uma indústria que já está experimentando muito com implementações de robótica e automação. Mas, às vezes, a eletrônica do veículo – por exemplo, aplicações na área do cockpit, central multimídia, antenas (navegação por GPS), motores elétricos para janelas, etc. – mostra-se muito pequena para uma implementação completa de robótica.
Em outras palavras, a automação é possível até certo ponto, e os operadores precisam colaborar com os robôs de fábrica para obter o trabalho concluído. Com relação a esse tópico, é crucial ter o parceiro certo para apoiá-lo.
Há também uma mentalidade bem estabelecida de coleta de dados na indústria automotiva e, consequentemente, na eletrônica de veículos, considerando que ela faz parte da indústria automobilística. Mas a pergunta é: o que você faz com os dados?

A abordagem da Indústria 4.0

Esse tempo está chegando em alta velocidade e trazendo a abordagem verdadeiramente orientada da Indústria 4.0, que permite melhorias adicionais em eficiência, qualidade e responsabilidade:

Coletar dados é fácil.

Contanto que você tenha sensores, os dados podem ser transmitidos e armazenados. A explosão da Internet das Coisas é um testemunho relevante disso. No entanto, na Indústria 4.0, vamos além da simples coleta de dados para armazená-los para o futuro. Coletar dados é fácil, analisar e utilizar os dados de maneira proativa é mais complexo.

Mas é mais do que coletar dados...

Coletar, analisar e tomar decisões baseadas em dados é uma parte natural do nosso trabalho diário com os clientes. Estamos no negócio de coleta e utilização de dados e podemos ajudar nossos clientes a analisar e visualizar os dados – de todos os parafusos, ferramentas, operadores, estações de trabalho e, no final, todos os produtos montados.

É sobre tomar decisões baseadas em fatos.

Isso permite tomar decisões com base em fatos, em vez de suposições, e fornece ferramentas para implementar melhorias de processos orientadas por dados, a fim de evitar problemas como parafusos parcialmente soltos ou ausentes, componentes ausentes ou outros problemas de montagem.

Estar ciente dos desafios futuros da mesclagem de fontes de dados.

A indústria de eletrônica automotiva exige uma abordagem mais proativa, impulsionando melhorias e ampliando ainda mais os limites. O próximo desafio é desenvolver sistemas e interfaces que possam integrar todos os diferentes tipos de processos em um único lugar, onde todas as fontes de dados são mescladas.

Deixe-nos ajudá-lo a embarcar na Indústria 4.0.