Nossas soluções
Atlas Copco Rental
Solutions
Frota para locação
Atlas Copco Rental
Acessórios
Frota para locação
Frota para locação
Compressores de ar isentos de óleo
Frota para locação
Compressores de ar isentos de óleo
Compressores de ar isentos de óleo
Compressores de ar lubrificados
Frota para locação
Compressores de ar lubrificados
Compressores de ar lubrificados
Geradores de Nitrogênio
Frota para locação
Geradores de Nitrogênio
Indústrias atendidas
Por que optar pelo aluguel de equipamento?
Atlas Copco Rental
Por que optar pelo aluguel de equipamento?
Por que optar pelo aluguel de equipamento?
Por que optar pelo aluguel de equipamento?
Por que optar pelo aluguel de equipamento?
Por que optar pelo aluguel de equipamento?
Compressores
Solutions
Produtos
Compressores
equipamentos de ar e gás de processo
Linha de soluções de tratamento de condensados industriais
Produtos
Linha de soluções de tratamento de condensados industriais
Linha de soluções de tratamento de condensados industriais
Linha de soluções de tratamento de condensados industriais
Linha de soluções de tratamento de condensados industriais
Manutenção e peças
Compressores
Maximização da eficiência
Manutenção e peças
Maximização da eficiência
Maximização da eficiência
Maximização da eficiência
Plano de manutenção
Serviços globais de pós-venda para as turbomáquinas
Manutenção e peças
Vacuum solutions

Qual é o passo principal para o futuro da montagem industrial geral? Torná-la conectada e integrada!

Em muitas fábricas de montagem geral, por exemplo, um fabricante de compressores, é frequente vermos situações em que várias operações de montagem são realizadas na mesma estação.
Consequentemente, há um volume considerável de hardware em torno da estação, ocupando espaço e tornando mais difícil para os fabricantes terem a flexibilidade de montagem de produtos diferentes, e também para os operadores utilizarem as ferramentas adequadas e executarem a tarefa corretamente, impactando assim na produtividade.

Alguns fatores são cruciais para chegar lá:

As estações virtuais podem substituir as caixas de controlador, com diferentes níveis de funcionalidade, o que proporciona um alto nível de flexibilidade e facilita o reequilíbrio das estações ao longo das linhas. Com o conceito de estação virtual, você pode reduzir a quantidade de hardware por estação e criar um ambiente de trabalho fácil e enxuto.

Para produzir produtos diferentes em linhas relativamente pequenas, com influência mínima do operador e alta qualidade do produto, é importante que cada estação realize o seu próprio conjunto de tarefas preliminarmente atribuídas a ela a partir do sistema MES, e os processos devem ser controlados no mais alto nível.

Os operadores devem ter orientações com instruções claras sobre o processo de montagem, garantindo que todas as etapas sejam realizadas corretamente, o que elimina a incidência de erros devido a fatores humanos, conduzindo suavemente a interação da máquina humana com os sistemas de produção complexos.

A escolha da ferramenta certa para cada aplicação específica é fundamental. Além disso, a ferramenta deve ter a funcionalidade correta para cada aplicação. Com diferentes combinações de ferramentas e funcionalidades, é importante ativar ou desativar facilmente funcionalidades, fazer uso eficiente de recursos, manter a rastreabilidade e coletar dados.

Durante todo o processo de montagem, foram coletados e armazenados os dados que foram gerados por suas ferramentas inteligentes. Um passo crucial depois disso, é analisar e utilizar esses dados. Os dados são a parte mais poderosa de nossa transformação para a Indústria 4.0.

Os dados coletados podem agregar muito valor ao seu processo de montagem. Um dos valores é obter notificações e sugestões para melhorar o processo de montagem e evitar falhas. É importante fechar o ciclo com um programa de serviço de cobertura completa, desde o início de suas ferramentas até o último aperto feito por elas.

linha de montagem de compressor indústria 4.0

Ilustração da Atlas Copco: uma linha de montagem de compressor, com diferentes produtos sendo montados ao mesmo tempo.

O passo principal para o futuro da montagem industrial geral é torná-la conectada e integrada!

Em muitas fábricas de montagem geral, por exemplo, um fabricante de compressores, é frequente vermos situações em que várias operações de montagem são realizadas na mesma estação.
Consequentemente, há um volume considerável de hardware em torno da estação, ocupando espaço e tornando mais difícil para os fabricantes terem a flexibilidade de montagem de produtos diferentes, e também para os operadores utilizarem as ferramentas adequadas e executarem a tarefa corretamente, impactando assim na produtividade.

Entre em contato conosco!

Loading...