Nossas soluções
Ferramentas e Soluções Industriais
Soluções
Indústrias atendidas
Ferramentas e Soluções Industriais
Energia Portátil
Soluções
Produtos
Energia Portátil
Energy Storage Systems
Atlas Copco Rental
Soluções
Compressores
Soluções
Produtos
Compressores
Produtos e soluções
Soluções
Sistemas de armazenamento de energia

Óleo para compressor: escolha o lubrificante certo e economize

Conheça os fatores que determinam qual é o tipo de óleo mais indicado para o seu compressor

Óleo para compressor - técnico Atlas Copco realizando troca de lubrificante

Você sabe escolher corretamente o óleo para compressor? É importante dar uma atenção especial a essa tarefa, pois existem lubrificantes com diferentes características para requisitos específicos. A escolha errada pode comprometer o desempenho e a vida útil do seu equipamento, além do frequente desperdício devido à compra de um óleo mais caro que o necessário.

Qual o óleo para compressor mais indicado para a sua aplicação?

O que torna cada lubrificante único é a mistura e a concentração de aditivos. Eles garantem que o óleo vá além de suas funções básicas de lubrificação e absorção de calor, adquirindo propriedades adicionais como:

  • resistência à oxidação;
  • resistência a altas temperaturas;
  • prevenção à formação de espuma;
  • evitam a corrosão, a contaminação e o desgaste prematuro de componentes.

Que fatores interferem na escolha do lubrificante ideal?

 

A degradação do óleo com o tempo se deve ao chamado processo de oxidação. A velocidade desse processo é fortemente influenciada por fatores externos, como temperatura e nível de umidade.

Óleo para compressor - óleo de base

As consequências dessa oxidação podem ser muito graves: formação de lodo, resfriadores/válvulas bloqueados, elementos separadores implodidos e até mesmo quebra de elementos.

Para aumentar a vida útil do lubrificante e evitar esses problemas, adicionamos ao óleo diversos aditivos em diferentes concentrações. Por isso existem várias fórmulas diferentes: a composição de cada fórmula vai variar de acordo com as condições de cada ambiente de produção. 

Vamos entender os fatores que influenciam a velocidade de oxidação.

1. Temperatura da sala de compressores

Quanto mais alta a temperatura do ambiente, maior a velocidade de oxidação dos aditivos do seu lubrificante. Ao adicionar os aditivos antioxidantes corretos, o processo pode ser retardado e, assim, evitar todas as consequências negativas do óleo degradado.

Por isso a importância de uma base correta e da concentração de aditivos específicos: para evitar o superaquecimento da máquina, que causa desperdício de energia, formação de borras, implosão do filtro separador, envernizamento e quebra do elemento compressor.

2. Umidade da sala de compressores

Quanto mais alta a umidade, maior deve ser a concentração de aditivos específicos, pois a água atua como um catalisador que pode danificar diversos componentes, principalmente os metálicos.

3. Exposição do compressor a poeira e outros tipos de partícula

Quanto mais agressivo o ambiente produtivo, maior a chance de deposição de partículas no circuito de óleo e degradação acelerada do óleo.

Lubrificantes especialmente sintéticos serão melhores para lidar com esses desafios, devido à saturação de 100%. O pacote de aditivo certo pode minimizar o impacto da poeira.

4. Horas de uso do compressor durante o ano

A vida útil do óleo depende muito das condições de operação – portanto, cada lubrificante Atlas Copco tem intervalos de troca de óleo especificados.

Esse intervalo será determinado pela intensidade de uso do equipamento e pelas condições ambientais citadas acima. A tabela a seguir mostra quais opções do portfólio Atlas Copco são mais indicadas de acordo com as horas de funcionamento do compressor e as condições de ambiente: amena, severa ou extrema.

Óleo para compressor - tabela portfólio atlas copco

ATENÇÃO!

Se você utilizar um óleo para compressor com composição superior à indicada, poderá pagar mais caro e desperdiçar recursos sem necessidade. Se usar um óleo com composição inferior à indicada, colocará o desempenho e a vida útil do seu equipamento em risco.

Especialmente para os pequenos negócios com menos de 1.000 horas de uso, que demandam pouca manutenção, a Atlas Copco fornece RIF LIGHT com galões de apenas 2 litros para evitar desperdícios.

5. Demanda de pureza do ar requerida pela aplicação

O FDA definiu uma "tolerância zero" para contaminação por óleo para compressor de grau não alimentício. Por isso, nossa linha inclui lubrificantes com certificação NSF Internacional para atender aos mais rígidos padrões de qualidade do ar em aplicações críticas. É indicado para compressores que funcionam na indústria de alimentos e bebidas, farmacêutica e de embalagem.

ATENÇÃO: NÃO UTILIZE LUBRIFICANTES GENÉRICOS!

Os lubrificantes genéricos foram criados para uso em equipamentos com requisitos-padrão. Eles podem, no entanto, degradar a vedação e corroer peças de metal devido à oxidação do óleo. Além disso, a formação de espuma pode causar arraste de óleo, resultando em uma baixa qualidade de ar devido à presença de partículas de óleo no sistema.

Baseados na nossa experiência em compressão de ar e em colaboração com empresas de lubrificantes, desenvolvemos um pacote de aditivos exclusivo que garantirá sempre o melhor desempenho do seu equipamento. 

Seja qual for o porte da sua empresa ou tipo de compressor utilizado, você pode contar com os planos de manutenção da Atlas Copco para ficar tranquilo e garantir sempre a máxima disponibilidade dos equipamentos. Clique aqui para conhecer todas as possibilidades e vantagens

Fale com nossos especialistas e descubra qual é o lubrificante ideal para o seu compressor!

Serviços Compressores lubrificados com óleo Indústria geral Indústrias Produtos Compressores de ar Lubrificantes