Nossas soluções
Ferramentas e Soluções Industriais
Soluções
Indústrias atendidas
Ferramentas e Soluções Industriais
Energia Portátil
Soluções
Produtos
Energia Portátil
Energy Storage Systems
Specialty Rental - Locação de soluções especializadas
Soluções
Indústrias atendidas
Recursos
Compressores
Soluções
Produtos
Compressores
Produtos e soluções
Soluções
Perfuratrizes
Produtos e soluções
Sistemas de armazenamento de energia

Vale a pena adotar o reaproveitamento de energia no seu compressor?

Alguns cuidados ajudam a garantir que o processo seja ainda mais eficiente, propiciando rápido retorno sobre os investimentos

Reaproveitamento de energia no compressor de ar - Altas Copco

Os números são atrativos: apesar dos gastos com eletricidade representarem cerca de 70% dos custos de compressão, a adoção de recuperadores de calor adequados pode propiciar até 90% de reaproveitamento de energia dos compressores. Nesses termos, o retorno sobre os investimentos são rápidos e podem vir de 1 a 3 anos depois, dependendo da eficiência do equipamento. Mas para atingir esse patamar de excelência é preciso um bom planejamento e atenção aos detalhes na hora da decisão.

DETERMINE ONDE UTILIZAR A ENERGIA RECUPERADA

O primeiro passo para entender se vale a pena reaproveitar a energia do seu processo de compressão é determinar onde a energia recuperada será utilizada.

A água aquecida que sai do compressor será usada em recalque de caldeira? Ou na higienização de instrumentos de trabalho? Cada indústria possui diversas possibilidades de uso da água aquecida e do vapor nos seus processos de produção. Determine qual será o seu objetivo para que a instalação e o dimensionamento dos recuperadores sejam os mais eficientes possíveis.

⇒ Compressores isentos X lubrificados

A recuperação de energia pode ser obtida com sucesso tanto em compressores lubrificados quanto em compressores isentos de óleo. A diferença é que, no caso dos isentos, a temperatura de saída da água aquecida chega com mais facilidade aos 90°. Nos lubrificados, o óleo acaba roubando uma parte do calor.

⇒ Baixa pressão X Alta pressão

A pressão de trabalho do compressor também interfere no processo de recuperação da energia: sob pressões mais baixas, o reaproveitamento é menor, enquanto altas pressões propiciam uma melhor recuperação energética.

⇒ Refrigeração a água X refrigeração a ar

Finalmente, cabe destacar que, nos compressores refrigerados a água, as instalações necessárias para o reaproveitamento costumam ser um pouco mais complexas do que as requeridas pelos refrigerados a ar.

Somados, esses detalhes aparentemente simples podem resultar no sucesso ou no fracasso do seu projeto de recuperação de energia. Fique de olho, faça o seu planejamento e tome a melhor decisão!

Para cada tipo de compressor, a Atlas Copco possui uma solução de Recuperação de Energia específica.

Conheça o nosso portifólio de opções.

Recurperação de energia para compressores - Atlas Copco

Nossos consultores podem te ajudar a entender, em números, como o reaproveitamento de energia pode beneficiar a sua indústria. Entre em contato e receba nossa consultoria gratuita!

Compressores de ar Soluções de recuperação de energia Indústria geral Indústrias compressor de ar ecologicamente correto Produtos