Preciso de um compressor de que tamanho?

How-To Compressed Air Wiki Compressor Types Choosing an Air Compressor Compressors

Um dos maiores desafios é dimensionar corretamente o novo compressor de ar. Assim como em muitas outras áreas, os novos compressores disponíveis no mercado são mais eficientes e empregam melhor tecnologia, de modo que você precisará entender a aplicação e o uso para dimensionar a máquina corretamente. Escolher o compressor de ar errado para a sua instalação poderá causar problemas na produção e/ou aumentar os custos devido ao desperdício de energia.

Que quantidade de pressão eu preciso?

Compreender os requisitos de fluxo e pressão para a sua instalação é fundamental na escolha de um compressor de ar. Pressão e fluxo são dois termos muito comuns usados ​​quando se fala de sistemas de ar comprimido.


A pressão pode ser medida em libras por polegada quadrada (psi) ou em bar (medida métrica da pressão). Para simplificar, a pressão se refere à quantidade de força necessária para realizar determinada quantidade de trabalho em qualquer ponto no tempo. Um exemplo simples de pressão e como ela trabalha é imaginar o movimento de um bloco de madeira sobre uma mesa. A ilustração abaixo mostra que usar 75 psi de ar comprimido não é força suficiente para mover o bloco, mas 100 psi de pressão consegue mover o bloco de madeira pela distância desejada.


O compressor de ar deve fornecer pressão suficiente para realizar uma determinada tarefa (neste caso, foi para mover um bloco de madeira). Conforme mostrado na ilustração abaixo, se a pressão necessária para mover o bloco é de 100 psi, qualquer valor abaixo disso não irá realizar a tarefa. É importante entender a pressão necessária para dimensionar o compressor adequadamente; caso contrário, você enfrentará problemas semelhantes à ilustração abaixo, onde a pressão mais baixa não conseguiu mover o bloco de madeira, ou realizar o trabalho.

Qual é o fluxo de ar correto para o meu compressor?

O fluxo, também conhecido como descarga livre efetiva de ar (FAD), pode ser medido em pés cúbicos por minuto (cfm), litros por segundo (l/s) ou metros cúbicos por hora (m3/h) dependendo da sua localização geográfica. Simplificando, fluxo é a capacidade do compressor de continuar realizando uma tarefa dentro de um intervalo de tempo aceitável. A quantidade de fluxo necessária é determinada pelo tempo necessário para concluir uma determinada tarefa. Vamos considerar o exemplo do bloco de madeira para explicar melhor. Para mover um bloco de madeira uma certa distância a cada hora exigirá menos fluxo e poderá ser alcançado com um compressor menor e um tanque de armazenamento. O compressor ligará e desligará e recarregará o tanque de armazenamento para a próxima vez que for preciso mover o bloco de madeira. No entanto, se for preciso mover o bloco de madeira continuamente dentro de um determinado período de tempo, será necessário um fluxo de ar (ou CFM) maior com fluxo contínuo, exigindo, portanto, um compressor maior. Se o fluxo for insuficiente, o processo exigirá interrupções frequentes enquanto o compressor acumula pressão no tanque de reserva, indicando que o compressor pode estar subdimensionado.


Por fim, quando se deseja fornecer ar comprimido suficiente para uma determinada aplicação, é importante considerar a quantidade de fluxo de ar comprimido (CFM) necessária a uma determinada pressão (PSI) exigida para que o processo funcione corretamente.


Uma das maneiras de descobrir o fluxo total necessário é entrar em contato com o fabricante do equipamento que usa o ar comprimido e solicitar as folhas de dados com as informações desejadas. No entanto, a melhor maneira de medir o fluxo exato é realizar uma “auditoria de ar comprimido”, que pode ser feita por um profissional de vendas de ar comprimido. É importante ter em mente que os compressores de ar de parafuso rotativo tendem a produzir mais fluxo por kW ou HP do que os compressores de pistão.


Para resumir, a pressão (PSI) é determinada pelo trabalho que você está realizando, enquanto o fluxo (CFM) exigirá a compreensão da frequência com que o trabalho deve ser realizado ou de quantos trabalhos você está realizando ao mesmo tempo. É importante entender que o subdimensionamento de um compressor resultará em quedas de pressão e na incapacidade de concluir uma tarefa, enquanto o superdimensionamento da unidade pode levar a futuros problemas mecânicos e potenciais falhas do compressor. Se você não tiver certeza sobre como dimensionar o novo compressor para aplicações existentes ou novas, sempre entre em contato com um profissional de vendas de ar comprimido para que uma auditoria seja feita.


Outras perguntas ao comprar um compressor