Posicionamento do compressor e condições ótimas de trabalho

Dimensioning Compressor Installations Compressed Air Wiki Compressors

O local onde a maior parte do sistema de ar comprimido é colocado é chamado de sala do compressor. Pode ser uma sala projetada e usada para outros fins ou pode ser uma sala criada tendo o próprio compressor em mente. Em ambos os casos, a sala precisa atender a alguns requisitos para obter o máximo da instalação do compressor.

Onde você deve instalar um compressor?

Condições ótimas de trabalho para um compressor, compressor em um ambiente de trabalho

A principal regra para uma instalação é, em primeiro lugar, organizar um local central separado para o compressor. A experiência determina que a centralização é preferível, independentemente do setor. Entre outras coisas, proporciona maior economia de operação, um sistema de ar comprimido melhor projetado, serviço e facilidade de uso, proteção contra acesso não autorizado, controle de ruído adequado e possibilidades mais simples de ventilação controlada.

Em segundo lugar, uma área separada em um prédio utilizada para outros fins pode ser usada para a instalação do compressor. Certos riscos e inconveniências devem ser considerados com este tipo de instalação, por exemplo: perturbação devido a ruídos ou requisitos de ventilação do compressor, riscos físicos e/ou riscos de superaquecimento, drenagem por condensação, ambientes perigosos, por exemplo, poeira ou substâncias inflamáveis, substâncias agressivas no ar, requisitos de espaço para expansão futura e acessibilidade para manutenção.

No entanto, a instalação em uma oficina ou armazém pode facilitar as instalações para recuperação de energia. Se não houver instalações disponíveis para a instalação do compressor em local fechado, pode-se também instalar em área externa, sob uma cobertura. Neste caso, algumas questões devem ser levadas em consideração: o risco de congelamento dos bolsões de condensação e descargas, proteção contra chuva e neve para a abertura de entrada de ar, ventilação e entrada de aspiração, fundação sólida e plana requerida (asfalto, laje de concreto ou base de ripas), risco de poeira, substâncias inflamáveis ​​ou agressivas e proteção contra acesso não autorizado.

Projeto e posicionamento do compressor

A central de ar comprimido deve ser instalada para facilitar o roteamento do sistema de distribuição em grandes instalações com tubulações longas. O serviço e a manutenção podem ser facilitados com a instalação da central de ar comprimido próxima aos equipamentos auxiliares, como bombas e ventiladores; até mesmo um local próximo à sala da caldeira pode ser vantajoso.

O prédio deve dispor de equipamentos de elevação dimensionados para suportar os componentes mais pesados na instalação do compressor (geralmente, o motor elétrico) e/ou possibilitar o acesso de uma empilhadeira. Deve também haver espaço suficiente para a instalação de um compressor adicional para expansão futura. Além disso, o pé direito deve ser suficiente para permitir que um motor elétrico ou algo similar seja içado, se necessário. A central de ar comprimido deve possuir um dreno no piso ou outras instalações para lidar com a condensação do compressor, resfriador posterior, reservatório de ar, secadores etc. O dreno no piso deve ser implementado em conformidade com a legislação municipal.

Fundação da sala

Normalmente, apenas um piso plano com capacidade de carga suficiente é necessário para instalar o compressor. Na maioria dos casos, a central possui recursos antivibração. Em instalações novas, um plinto é normalmente utilizado para cada conjunto de compressores, a fim de permitir a limpeza do piso. Compressores de pistão e centrífugos grandes podem exigir uma fundação de laje de concreto, ancorada em rocha ou em uma base de solo sólido. O impacto da vibração produzida externamente foi reduzido a um mínimo para centrais de compressores avançadas e completas. Em sistemas com compressores centrífugos, pode ser necessário amortecer a vibração da fundação da sala do compressor.

Ar de entrada

O ar de entrada do compressor deve estar limpo e sem contaminação sólida e gasosa. Partículas de sujeira que causam desgaste e gases corrosivos podem ser particularmente prejudiciais. A entrada de ar do compressor está normalmente localizada em uma abertura no compartimento de redução de som, mas pode também ser colocada distante, em um local em que o ar seja o mais limpo possível. A contaminação por gases do escapamento de veículos pode ser fatal se misturada ao ar destinado a ser inalado. Um pré-filtro (filtro ciclone, painel ou de banda rotativa) deve ser usado em instalações em que o ar circundante possui alta concentração de poeira. Em tais casos, a queda de pressão causada pelo pré-filtro deve ser considerada durante o projeto.

Também é vantajoso que o ar de entrada seja frio. Portanto, pode ser adequado direcionar este ar por um tubo separado do exterior do edifício para o compressor. É importante que os tubos sejam resistentes à corrosão, possuam uma tela na entrada e sejam projetados de forma que não haja risco de respingar neve ou chuva no compressor. Também é importante usar tubos de diâmetro suficientemente grande para ter a menor queda de pressão possível.

O projeto dos tubos de entrada nos compressores de pistão é particularmente crítico. A ressonância do tubo, a partir de ondas estacionárias acústicas causadas pela frequência de pulsação cíclica do compressor, pode danificar a tubulação, bem como o compressor, causar vibrações e afetar o ambiente através do ruído irritante de baixa frequência.

Ventilação da sala

O calor na sala do compressor é gerado a partir de todos os compressores. Este calor é liberado pela ventilação da sala do compressor. A quantidade de ar de ventilação é determinada pelo tamanho do compressor e se ele é resfriado a ar ou a água. O ar de ventilação para compressores resfriados a ar contém aproximadamente 100% da energia consumida pelo motor elétrico na forma de calor. O ar de ventilação para compressores resfriados a água contém aproximadamente 10% da energia consumida pelo motor elétrico. O calor deve ser removido para manter a temperatura na sala do compressor em um nível aceitável. O fabricante do compressor deve fornecer informações detalhadas sobre o fluxo de ventilação necessário. A melhor maneira de lidar com o problema de acúmulo de calor é recuperar a energia de calor residual e usá-la nas instalações.

O ar de ventilação deve ser retirado de uma área externa, preferencialmente sem o uso de dutos longos. Além disso, a entrada deve estar localizada o mais baixo possível, mas sem correr o risco de ficar coberta de neve durante o inverno. Até mesmo os riscos de possível entrada de poeira e substâncias explosivas ou corrosivas na sala do compressor devem ser levados em consideração. Os ventiladores devem ser colocados no alto de uma das paredes da sala do compressor e a entrada de ar na parede oposta. A velocidade do ar na abertura de entrada da ventilação não deve exceder 4 m/s.

Ventiladores controlados por termostato são os mais adequados neste caso. Esses ventiladores devem ser dimensionados para lidar com a queda de pressão na tubulação, na persiana externa etc. A quantidade de ar de ventilação deve ser suficiente para limitar o aumento de temperatura na sala entre 7 e 10 °C. Deve-se considerar a possibilidade de usar compressores resfriados a água se houver algum problema em obter ventilação suficiente na sala.

Saiba mais sobre o processo de instalação de um sistema de compressores a seguir.

Artigos relacionados

Instalação de um compressor

A instalação de um sistema de compressores é mais fácil do que costumava ser. Ainda há algumas coisas a serem lembradas, principalmente onde colocar o compressor e como organizar o espaço ao redor do compressor. Saiba mais aqui.

De que tipo de compressor eu preciso?

Há muitas coisas a serem consideradas ao escolher um compressor de ar para a sua empresa. Vamos dar uma olhada em alguns tipos de compressores disponíveis e descobrir qual é o melhor para você.